fbpx
Beleza e Estética

Aumenta cirurgia de explante de silicone entre mulheres

aumenta-cirurgia-de-explante-de-silicone-entre-mulheres

Se há algum tempo atrás, era comum mulheres fazendo cirurgias para o aumento dos seios através do implante de silicone, na atualidade cirurgiões têm percebido uma mudança. Elas estão retirando o silicone. Segundo o cirurgião plástico e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), Humberto Pinto, em seu consultório a procura por explantes mamários aumentou 50%. “É nítido a procura de mulheres por retirada de silicones antigos”, afirma o médico.

Segundo a Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (Isaps), a colocação de próteses ainda representa 15,8% de todos os procedimentos estéticos, porém ocorreu uma diminuição no interesse de 3,6% – entre 2018 e 19 e no mesmo período, crescimento de 10,7%  na retirada do silicone.

Para Dr. Humberto, além das mulheres estarem retirando silicones antigos, com tempo médio de duração de 10 anos, e colocando próteses mais modernas, muitas mulheres estão optando pelos seios naturais. “Não que a vaidade tenha sumido, elas apenas estão se sentindo mais confortáveis com suas próprias mamas”, relata. Além disso, Humberto explica que “a procura por próteses menores também tem ocorrido mais do que tamanhos maiores, como antigamente”.

O médico também lembra que além da cirurgia pela estética, existem as cirurgias por necessidade. “No caso do câncer de mama, precisamos realizar uma reconstrução mamária com implante de silicone”, finaliza o cirurgião.

Para o cirurgião plástico e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) Jefferson Vaccari, a paciente tem que decidir o que for melhor para sua saúde, tanto física como emocional. “Se a prótese não combina mais com o estilo de vida e a vontade dela, o ideal é procurar um profissional devidamente preparado para retirar o implante com segurança”, diz ele. “No geral, é possível usar a mesma cicatriz do implante para remover a prótese. Para evitar flacidez, podemos enxertar gordura e utilizar técnicas que possam satisfazer os desejos da paciente”, afirma.

 

Comentários

0 Comentários
Compartilhe

Criar Comunicacao

Gostou do artigo? Deixe aqui seu comentário.

%d blogueiros gostam disto: